donderdag 10 oktober 2013

OS IDOS DE OUTUBRO NUNCA MAIS CHEGAM E OS BRUTUS NA MAÇÓNICA LIVRARIA SALTAM EM SURTOS DE AGONIA POIS SÃO BRUTOS E PASSAM OS MINUTOS A LER OS LIVROS DAS CONTAS QUE EM LETRAS DESCONTAS NÃO OS SABENDO ESCREVER

pobre demente

carente

o que nos contas

és mau nas letras tontas

e também

não sabes fazer contas

pois fica bem

aos que nos exploram

e nos devoram

ter como mania

única

masturmação na livraria

como bem soia

debaixo da grega túnica

ah larápio activo

as tuas virtudes

por mais que estudes

é ser destrutivo

pois em ti

ó morto-vivo

a morte sorri

em dentes com crivo

É DO MANÍACO O FADO

DOS PROPHETAS

QUE FARDADO

VALE MAIS

QUE CEM POETAS

EM RIMAS PRETAS

QUE SÃO PETAS

DAS BANAIS

PRÓS ESTETAS

QUE DÃO AS TETAS

AOS TAIS

QUE SÃO PROPHETAS

Geen opmerkingen:

Een reactie plaatsen